Dra. Luiza Guerra

Clareamento Dental

A busca por um sorriso mais harmônico, alinhado e com dentes mais brancos leva as pessoas, cada vez mais, a procurarem por procedimentos que satisfaçam esses desejos. O clareamento dental tornou-se um dos procedimentos mais desejados nos consultórios dos cirurgiões dentistas devido a sua praticidade, eficácia e simplicidade, com o objetivo de melhorar o aspecto do sorriso.

1. O que é o clareamento dental?

O método do clareamento dental consiste na aplicação de um gel clareador, à base de peróxido de carbamida ou de hidrogênio, sobre a superfície dental. A técnica clareadora dental foi desenvolvida em 1989 pelos dois pesquisadores Haywood e Heymann com o uso do clareamento caseiro de moldeiras para uso noturno. Desde então, as técnicas de clareamento dental vêm se aprimorando e há inovações com o objetivo de melhorar a estética do sorriso.

Então, o clareamento dental é um tratamento para dentes escurecidos que consiste em um procedimento seguro e conservador e que oferece ótimos resultados estéticos.

2. Com funciona o processo de clareamento dental?

O clareamento dental consiste em um processo de descoloração que ocorre na superfície dental por meio da quebra de cadeias cromóforas (que são macromoléculas causadoras do escurecimento dental) em moléculas menores.

Dessa forma, essas moléculas transformam-se em outras menores e, então, modificam a energia de absorção da luz, diminuindo seu comprimento de onda e passando a refletir mais luz, tornando, assim, o dente mais claro.

Os agentes clareadores exercem sua função por meio do processo de oxidação, os quais geram íon de oxigênio e que, consequentemente, fazem a quebra das moléculas dos pigmentos dentais. Dessa forma, realiza-se o procedimento de clareamento dental.

3. Quais são os agentes clareadores?

O clareamento dental pode ser realizado por meio da utilização de géis a base de peróxido de hidrogênio e de peróxido de carbamida. O peróxido de hidrogênio é o agente ativo responsável pelo clareamento dental que pode ser aplicado de forma direta ou por meio da dissociação química do peróxido de carbamida.

4. Quando o clareamento dental é indicado?

O clareamento dental é indicado para todos os pacientes que tenham interesse em obter dentes mais claros. Basicamente, há indicações ao clareamento dental para pacientes com dentes naturalmente amarelados, dentes escurecidos pela idade ou por pigmentos presentes em dietas ricas em corantes ou substâncias presentes no cigarro ou, então, dentes que receberão procedimentos restauradores, reabilitação restauradora/protética, com o objetivo de equilibrar, com o clareamento, o tom dos dentes.

5. Quais são as técnicas clareadoras?

O tratamento clareador de dentes vitais pode ser realizado por meio das técnicas a seguir descritas:

a. Clareamento dental caseiro:

A técnica de clareamento dental caseiro é realizada com o uso de moldeiras individuais que são preenchidas com gel clareador pelo próprio paciente. Nesse caso, são empregados agentes clareadores, como o peróxido de carbamida em concentrações de 10 a 22%, ou peróxido de hidrogênio de 2 a 10%.

A técnica do clareamento dental caseiro é um procedimento conservador, simples e seguro. Como o clareamento caseiro é executado pelo próprio paciente, o resultado depende diretamente dele, sendo do paciente a responsabilidade de aplicar o agente clareador dental, baseando-se na frequência previamente determinada pelo profissional.

b. Clareamento dental de consultório:

O clareamento dental de consultório consiste em uma alternativa para quem não deseja fazer o uso das moldeiras individuais. Neste procedimento, o profissional aplica o gel clareador na superfície dos dentes em sessões no consultório odontológico. Utiliza-se, nesta técnica, o peróxido de hidrogênio e de carbamida nas concentrações entre 35 a 45%. Dessa forma, o clareamento de consultório apresenta redução do tempo clínico e controle do dentista sobre o procedimento.

c. Clareamento dental associado:

A técnica de clareamento dental associado consiste na união das duas técnicas anteriormente mencionadas, associando o uso de moldeiras para a realização do clareamento dental caseiro em conjunto com sessões de clareamento dental de consultório.

É importante, contudo, mencionar que a melhor técnica clareadora é aquela que traz resultados eficientes e conforto ao paciente, razão pela qual deve ser acompanhado e monitorado pelo cirurgião dentista.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima